Turismo de enologia na Serra das Galés

Dicas

O médico e vitinicultor Sebastião Ferro, da Vinícola Serra das Galés, em Paraúna, apresenta uma novidade: o turismo de enologia. Dessa forma, a vinícola Serra das Galés vai abrir suas portas para visitação a partir do segundo semestre de 2020.

Com toda a certeza, as visitas guiadas vão proporcionar um maior contato do público com a natureza. Assim, os apaixonados por vinhos vão andar pelas parreiras e acompanhar o processo de produção dos vinhos e sucos.

Como fazer o Turismo de Enologia na Serra das Galés?

Primeiramente, para realizar o turismo de enologia na Vinícola Serra das Galés as visitas precisam ser agendadas. Outro ponto importante é que a Fazenda Caracol, sede da vinícola, está localizada em Paraúna, distante 150km de Goiânia. Então, para realizar a visita é preciso que a pessoa tenha condução própria para chegar até à Vinícola.

O turismo de enologia é uma ótima oportunidade e experiência para quem quer conhecer de perto o sucesso por trás da vinícola Serra das Galés. Com toda a certeza, degustar um vinho neste ambiente será uma experiência inesquecível.

Produção da Serra das Galés

Atualmente, para o orgulho do seu idealizador Sebastião Ferro, a plantação da vinícola Serra das Galés é, surpreendentemente, de mais de 300 toneladas de uva por ano. Por fim, toda essa colheita é destinada a produção dos vinhos Cálice de Pedra (rosado, branco e tinto) que são feitos de variedades das uvas Isabel, Violeta, Niágara e Lorena; o vinho fino Muralha que é elaborado com as variedades de uva portuguesa, a Touriga Nacional, e francesa, Syrah; suco de uva integral Cálice de Pedra 100%.

Os planos de Sebastião Ferro são ainda maiores e, futuramente, a novidade são as produções do vinho fino Muralha com outras variedades de uvas. Por exemplo: a Cabernet Sauvignon, Merlot, Tempranillo, Malbec, Pinot Noir e Chardonnay.

Então que tal você aproveitar e já adquirir seus produtos Serra das Galés?